Skip to main content

Embaixadores e jurados

Adel Tawil

Adel Salah Mahmoud Eid El-Tawil, também conhecido como Adel Tawil, já tem 20 anos de carreira musical. Nascido em Berlim, filho de um pai egípcio e uma mãe tunisina, ele descobriu sua paixão pela música quando ainda era uma criança. Foi no ano de 2015 que ele se tornou realmente conhecido em toda a Alemanha, com o dueto Ich+Ich (“Eu+Eu”).

Desde 2013 Adel Tawil segue uma carreira solo, realizando assim um grande sonho. Após seu primeiro álbum solo, “Lieder” (“Canções”), do ano de 2013, foi lançado no início de 2017 o novo álbum, “so schön anders” (“tão diferente”). Este álbum representa não apenas a sua caminhada musical, mas é também um álbum muito pessoal. Adel Tawil chegou até aqui e é hoje em dia principalmente um cantor que vive as canções que canta: “Eu simplesmente contei tudo o que me aconteceu. Escrevi sobre tudo o que vi no mundo, na Europa e nas fronteiras externas da Europa, no Egito. Escrevi sobre temas que me interessam e que, provavelmente, também interessam a muitas pessoas.“

Com seu comprometimento ele pretende ser principalmente um modelo, juntamente a outros artistas, para que possam superar barreiras e promover uma convivência pacífica.


Shout Out atual de Adel Tawil.

Fargo

A música do artista Fargo pode ser perfeitamente descrita com o título do seu primeiro álbum “Einfach sein” (“Simplesmente ser”): rap sem frescuras e com uma mensagem clara. E essa mensagem é a seguinte: Concentre-se naquilo que realmente importa na vida - amigos, amor e sonhos, ao invés do consumo contínuo. O próprio Fargo diz: “Eu simplesmente faço rap sobre um fundo instrumental e levanto a minha voz para tudo o que me move”. Somam-se a isso uma batida forte e instrumentos e sopro, e pronto, aí está a música perfeita para sentir-se bem.

A carreira musical de Fargo começou muito cedo, com seis anos de idade, quando ele era parceiro de dueto de Andrea Berg e Christina Bach. Rapidamente ele percebeu que sua verdadeira paixão era o hip hop. Como rapper, ele começou a chamar a atenção como vocalista da banda The Love Bülow, antes de começar sua carreira solo em 2015. Fargo é conhecido, entre outras coisas, por sua “RAPortagem”, com a qual ele fala sobre os acontecimentos atuais do show de talentos “The Voice of Germany”.

Ele já acompanha o concurso escolar desde a primeira rodada, na qual participou da canção de abertura e do Festival EINE WELT (UM SÓ MUNDO).


Shout Out atual de Fargo.

Cross

Cross é rapper, beatboxer e cantor. O artista de 25 anos de Kreuzberg, Berlim, tem ascendência libanesa/síria e cedo descobriu sua paixão pela música, começando a sua carreira como instrumentalista clássico. Seus primeiros sucessos foram obtidos como beatboxer, onde CROSS impressionou nos campeonatos alemães de beatbox (Deutsche Human Beatbox Meisterschaft). Desde então, Cross aperfeiçoou suas habilidades no rap e convence não apenas como artista de beatbox, mas também como rapper e cantor.

O palco é onde este verdadeiro artista se sente em casa, mostrando suas habilidades como atração de abertura para Culcha Candela, Aventura, Sean Paul, Black Eyed Peas, Flow Rider, Timati e Taio Cruz, entre outros.

Jamie-Lee

Com adereços aplicados no cabelo, a cantora Jamie-Lee ficou conhecida principalmente depois da participação no Festival Eurovision Song Contest. Hoje com 19 anos, a cantora foi notada em 2015, quando participou da quinta temporada do programa The Voice of Germany.

Sua marca são as roupas cheias de fantasia, inspiradas em anime e no pop coreano. Mas Jamie-Lee também convenceu o público e os jurados com sua música, saindo no final da temporada como grande vencedora. Em seguida, ela também venceu facilmente na pré-seleção para o Festival Eurovision Song Contest 2016.

Para Jamie-Lee, o tema da proteção dos animais é especialmente importante: Ela é vegana há anos e está envolvida como embaixadora da Organização dos Direitos dos Animais, PeTA. Seu maior sonho? Se mudar no futuro para a Coreia do Sul e continuar sua carreira musical no meio dos artistas que a inspiram desde o começo.


Shout Out atual de Jamie-Lee.

Jeannine Michaelsen

Jeannine Michaelsen, artista musical formada e atriz de Colônia, está presente com seus diversos talentos na mídia alemã desde 2008. Ela ficou conhecida, entre outras coisas, através da apresentação de programas de TV como “Joko gegen Klaas – Das Duell um die Welt”, “Die beste Show der Welt”, “Ponyhof” e “Teamwork-Spiel mit deinem Star”.

Através do trabalho como apresentadora, muitas vezes ela acaba sendo levada para o mundo da música. Por exemplo, durante a sua época como apresentadora de rádio na estação 1Live, ou como apresentadora de várias premiações musicais, como o “1Live Krone”, do programa “Sing meinen Song – Das Tauschkonzert”, da emissora Vox, onde ela retrata a vida dos artistas desde a primeira temporada, ou então como anfitriã e entrevistadora em diversos formatos musicais na internet.

Jeannine Michaelsen aproveita tudo o que está a seu alcance para agir em prol de uma abordagem diversificada e responsável de questões políticas e sociais nas redes. Um exemplo disso é a sua atuação como madrinha na cerimônia de entrega do prêmio do público “Grimme Online Award” 2016.


Shout Out atual de Jeannine Michaelsen.

Jessica Lange

Jessica “Jess” Lange é muito conhecida na Alemanha, especialmente entre os jovens de 10 a 15 anos de idade, o que se torna evidente por sua grande legião de fãs. Ao lado de Ben Blümel, ela apresenta, desde 2010, o programa Kika Live, direcionado para o público jovem, e está no ar de segunda a sexta no canal infanto-juvenil da ARD e ZDF. Além disso, ela apresenta diversos eventos ao vivo para o Instituto Goethe, a revista Zeit, o festival juvenil Courage e o festival VW Partnerschulfest.

Jess é fluente em inglês e espanhol. Ela ama dançar, tanto que teve seu próprio grupo de dança durante algum tempo.


Shout Out atual de Jessica Lange.

Johnny Strange

Johnny Strange, um dos cantores da banda Culcha Candela, já participou como artista solo da última rodada do Concurso Musical com a música de abertura e se apresentou no Festival EINE WELT (UM MUNDO). Empolgado com os temas e a repercussão do concurso, ele agora também está ativo como embaixador. Junto à organização Africa Rise!, Johnny Strange se empenha em projetos educacionais em Uganda.

Com a sua banda Culcha Candela ele faz a verdadeira música do mundo: o estilo da banda de Berlim é composto por uma mistura de reggae, dance hall, pop, música eletrônica e salsa, os membros da banda têm suas raízes na Polônia, Alemanha, Colômbia, Uganda e Coreia do Sul e cantam e fazem rap em alemão, inglês, espanhol, patoá jamaicano e suaíli. Além disso, suas letras muitas vezes tratam de questões políticas e sociais como, por exemplo, o consumismo, a consciência ambiental e a convivência com a diversidade.

Wohnraumhelden

Desde 2002, os dois estrategistas C-Punkt Stein-Schneider, a voz da sabedoria (aka Christof Stein-Schneider) e B-Man Mayor, o vulcão do romantismo (aka Fabian Schulz), formam a banda Wohnraumhelden. Desde 2015 eles são embaixadores do Concurso Musical.

Eles são de Hannover/Linden e acreditam em um mundo melhor. Eles lutam por um mundo melhor: “Afinal, quem é que vai salvar o mundo? O capitalismo? Acho que não. A política? Acho que não. As religiões? Com certeza não. Então, quem nos resta???”

Quando pedimos para darem algumas dicas de como se tornar alguém que melhora o mundo, eles respondem: “Espalhe o amor” e vocês vão deixar o seu mundo mais bonito.

“Faça o que você quiser, mas não incomode os outros” e tudo fica mais pacífico. Busquem mais “contato” e a sua vida fica mais rica. “Comida para todos”, para deixar tudo mais tranquilo. E, quando vocês forem idosos como “vovó e vovô”, não se entreguem à severidade da vida, mas continuem “distribuindo o amor”, e o mundo será melhor.